Quando te roubam a Ambulância: 5 histórias que se passaram em Portugal

7 Julho 2021

Apesar de Portugal ser dos países mais seguros do mundo, com uma taxa de criminalidade relativamente baixa, a marginalidade afeta todos os setores e nem as corporações de bombeiros ou as delegações da Cruz vermelha estão livres de sofrer um roubo.

De norte ao sul de Portugal temos visto alguns episódios inusitados como o roubo de ambulâncias e até mesmo autotanques. Deixamos aqui 5 histórias que se passaram nos últimos anos em Portugal.

 

1. Roubo no Minho

Conta o Diário do Minho que em 2016 uma ambulância dos Bombeiros Voluntários Famalicenses foi roubada, no centro de Famalicão, no decorrer de uma operação de socorro.

O caso insólito ocorreu quando dois homens, aproveitando o facto dos bombeiros estarem a prestar auxílio a uma doente, furtaram o veículo.
A ambulância foi encontrada mais tarde numa freguesia do concelho de Famalicão.

Fonte: https://ominho.pt/ambulancia-roubada-em-famalicao-durante-operacao-de-socorro/

 

2. Crime transfronteiriço

Em 2019  uma Viatura furtada no alentejo foi encontrada… em Espanha

A viatura, no caso um veículo de transporte de doentes dos Bombeiros Voluntários de Borba (Distrito de Évora), estava estacionada na parada do quartel e “há suspeitas de que tenha sido furtada durante a madrugada”.
A VDTD, usada para transporte de doentes, foi localizada mais tarde num bairro de Badajoz, em Espanha, ainda no dia do furto, pela Guardia Civil espanhola.

Apesar do incidente, a ambulância foi recuperada sem nenhum dano aparente no veículo.

Fonte: https://www.jn.pt/justica/viatura-furtada-aos-bombeiros-de-borba-foi-encontrada-em-badajoz-10425938.html

 

3. Rouba ambulância… e vai comprar droga ao Bairro do Cerco

Em 2019 um homem roubou uma ambulância em Paredes para ir comprar droga ao Bairro do Cerco, no Porto. O veículo foi deixado perto do local onde foi roubado e o homem foi identificado pelas autoridades.

O suspeito aproveitou o facto de um dos portões de acesso ao quartel estar aberto, para a saída de uma das ambulâncias, e entrou do local, de onde saiu ao volante de um dos veículos de emergência. A funcionária da central de emergência, estranhando a saída de um dos veículos, ainda tentou intercetar o condutor, mas não foi a tempo.

Mais tarde, uma patrulha da PSP, que estava no Bairro do Cerco no Porto, avistou uma ambulância. Estranhando o local e a hora onde a viatura estava, tentou identificar o condutor. O homem pôs-se de imediato em fuga.

Mais tarde o veículo foi encontrado já em Paredes, próximo do quartel dos Bombeiros, apenas com estragos numa das portas. O suspeito foi, entretanto, identificado pelas autoridades

Fonte: https://www.jn.pt/justica/rouba-ambulancia-e-vai-comprar-droga-no-bairro-do-cerco-no-porto-10576418.html

 

4. Jovens roubam ambulância e passeiam-se com vítima lá dentro

A história mais grave que partilhamos ocorreu em Oeiras. Em 2019 um grupo de jovens roubou uma ambulância do INEM tripulada pelos bombeiros de Algés, no Alto dos Barronhos em Carnaxide.

Segundo contou o Correio da Manhã, os socorristas estavam a dar auxílio a um homem de 32 anos que, alcoolizado, cortou a perna ao partir um vidro.

Entretanto o grupo começou a importunar os bombeiros e a pontapear a ambulância. Os socorristas terão fugido a pé para a Polícia Municipal e deixaram a ambulância. Os atacantes andaram com ela pelas ruas do bairro, ainda com o ferido na maca.

Quando a PSP chegou já só estava a vítima na viatura, que apesar do susto, a não terá sofrido nenhuma consequência do furto da ambulância.

Fonte: https://www.cmjornal.pt/portugal/detalhe/grupo-de-jovens-rouba-ambulancia-do-inem-em-oeiras

 

5. Roubo com direito a telefonema
No fundão, em 2015, uma Ambulância dos Bombeiros foi roubada do quartel de Silvares, alegadamente por um indivíduo de 36 anos que acabou por se despistar alguns quilómetros depois.

O acidente terá ocorrido às 22:53 na localidade do Souto da Casa e só provocou danos materiais. Terá sido mesmo o próprio assaltante a pedir a um habitante que avisasse os bombeiros.

“Segundo o próprio relatou depois, ele vinha a pé do Orvalho para o Fundão e quando passou por Silvares viu o portão do quartel aberto, pelo que resolveu aproveitar para tirar uma ambulância e seguir viagem”, contava o comandante, explicando que os bombeiros que estavam no piso superior do quartel ainda ouviram o barulho do veículo, mas pensaram que era outro colega a chegar.

O homem terá ainda especificado que tinha como objetivo deixar a ambulância à porta do quartel dos Bombeiros do Fundão. Para piorar tudo o indivíduo nem sequer possuía carta de condução.

Fonte: https://www.dn.pt/portugal/homem-rouba-ambulancia-e-despistase-4857287.html

Notícias Relacionadas

Apoio de 25 mil euros na compra de viaturas 100% elétricas

Ler Mais

Nova Tipo B de Alcabideche

Ler Mais

Vídeo: Homem com carro a arder vai aos bombeiros para lhe apagarem o fogo

Ler Mais